sexta-feira, 6 de julho de 2012

A Temível Fidelidade

"...se o negarmos, ele também nos negará. Se somos infieis, Ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo" (2 Tm 2.13)

Deus pode tudo, menos negar a si mesmo. Ele jamais deixa de ser Ele. É um raro caso em que não poder significa ter mais poder. É o não poder mais poderoso do universo! E é diante de tanta dignidade e glória, de tanta pureza e constância, que deveríamos tremer, considerando contra quem temos sido infieis!

No entanto, quantas vezes em tentação somos também tentados a pensar que, por Ele ser fiel, perdoará nosso ato de infidelidade - e então cedemos! É a malícia levando a verdade para o precipício. Mas a fidelidade divina não serve para trazer falso alívio, nem um aval impostor às minhas infidelidades contra Deus. Pelo contrário, ela deve me arrepiar e fazer temê-lo ainda mais, pois revela a exclusiva culpa de minha alma traiçoeira. Sua fidelidade torna minha infidelidade mais hedionda do que já é em si mesma. Deus ser fiel não me habilita a traí-lo, nem me acaricia a consciência após o erro cometido; pelo contrário, isso me aterroriza no tribunal justo em que minha traição é exposta e julgada indesculpável.

É verdade, não há a menor probabilidade Dele ser infiel comigo - mas isso me leva a pensar naquelas situações que não evito (ou das quais não fujo), apesar de ciente da grande probabilidade de me levarem a trair a aliança com Deus. Até quando serei condescendente com isso? Até quando pouparei meu bem-estar, camuflando moralmente meus vícios com raciocínios pomposos que, aos pés da cruz, se revelam sempre esfarrapados e mesquinhos? Somos infieis, e em vez de nos envergonharmos e mudar, ainda nos alegramos por Deus continuar fiel a nós, enquanto Ele assiste todo o nosso entusiasmo para desonrá-lo!

Ele não nega a si mesmo, e Sua dignidade permanece imutável, mesmo quando desafiada por nossas extremas inconstâncias - mas a longo prazo isso acaba contando contra nós, não a favor. Ele nos negará se o negarmos. Tomara que nos descobrirmos infieis ao Fiel nos mate logo de vergonha e nos ressuscite para uma vida nova! Que Sua fidelidade nos inspire temor, pois a graça cobra caro demais de quem a despreza. A graça é desgraça para os que não a levam à sério. Deixemos de ser fieis a nós mesmos, e sejamos fieis a quem morreu e vive em nosso favor. Deus é duplamente digno de ser tratado com fidelidade, primeiro porque temos uma aliança com Ele, e segundo porque Ele é fiel.

O Senhor pode tudo, menos se autonegar. Assim, no último dia, quando passarmos por Seu tribunal, Ele não deixará de ser fiel a Si mesmo, Ele que é justo e santo. Portanto, meus amigos, ai de nós, sim, ai de nós porque nosso Deus é fiel!

Um comentário:

  1. Bom dia,sou anderson da equipe detetive-particular.org ,quero falar que o blog ta de parabens gosto muuito dele,muito bem feito!!!...me recomendaram e estou acompanhando...recomendação hoje é tudo..to precisando saber se esse site aqui é bom por que eu to precisando de um rastreador de carro,moto entre outros alguem conhece o http://www.rastreadorgps.org/ ? se alguem souber de uma referencia me da um toque,e parabens pelo blog bom demais!!

    ResponderExcluir